Na capital do Paraná, é possível fazer uma viagem pelo mundo. Com mais de três séculos de existência, Curitiba abriga surpresas que fascinam entre os seus espaços culturais, históricos, memoriais e endereços gastronômicos que remetem às várias etnias, revelando sua principal característica, a imigração.

Uma cidade à frente do seu tempo, que já há muitas décadas vem sendo modelo de planejamento urbano, de transporte público e de preservação ambiental – criando um equilíbrio entre a natureza e a vida do homem moderno. Seus parques e museus são passeios preferidos pelos moradores e pelos muitos visitantes que aqui vêm para participar dos inúmeros eventos e para fazer negócios.

Nos seus arredores, podem ser descobertos muitos outros encantos na conhecida “Rotas do Pinhão”, um misto de aventura, história, gastronomia, paisagens bucólicas e rurais.

A Lapa possui um Centro Histórico de 14 quarteirões tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Além de oferecer atividades de turismo rural em hotéis fazenda e chácaras de lazer, possui a gastronomia lapeana, com fortes resquícios do tropeirismo, e seu passado ligado à Revolução Federalista.

Ainda dentro da Rota dos Tropeiros, encontramos Balsa Nova com sua bucólica Vila de São Luiz do Purunã.

Campo Largo se destaca pela produção de louça e porcelana de muita qualidade e Rio Negro com seu artesanato em palha de milho e seu imponente Seminário Seráfico, sede atual da Prefeitura local.

Em Campo do Tenente, o Mosteiro Trapista oferece biscoitos deliciosos, além de retiro espiritual.

Mas, nesta Região, as atividades rurais se destacam. São cafés coloniais, restaurantes, cavalgadas e muitas outras atrações de lazer formando diversificados roteiros.

Em Colombo e São José dos Pinhais, é possível fazer roteiros do vinho. Em Campo Magro, Quatro Barras, Piraquara e Campina Grande do Sul e Cerro Azul, a natureza e aventura são as atrações.

Em Araucária, Almirante Tamandaré e Pinhais, a ruralidade é o ponto forte.